icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/08/2015
08:22

Com a derrota para o Santos por 2 a 0 nesta quarta-feira, o Corinthians chegou ao sétimo clássico consecutivo sem vitórias. A situação incomoda o técnico Tite, que diz que esse tipo de partida é um "campeonato a parte".

Depois do tropeço na Vila Belmiro, o comandante alvinegro diz que o Timão ainda precisa evoluir e que esse tipo de resultado faz parte do processo de amadurecimento.

- Temos de retomar o processo de crescimento da equipe. A equipe não está pronta. Hoje tenho o Guilherme Arana, por exemplo, que mostrou qualidade em seu "carimbo de fogo". Vai crescendo a equipe e a individualidade - explicou.

- O grupo tem que maturar, saber das adversidades, que jogou mal, maturar... esse processo de amadurecimento está também em jogar mal - comentou.

Ele ainda falou sobre aliar duas competições, tentou mostrar otimismo quanto a gravidade da lesão de Luciano e destacou a concorrência entre os jogadores corintianos.

- Tenho colocado que a competição entre eles é importante na busca pela titularidade e acaba acontecendo a oportunidade por momento técnico, cartão... O grupo todo está preparado! - finalizou.

Com a derrota para o Santos por 2 a 0 nesta quarta-feira, o Corinthians chegou ao sétimo clássico consecutivo sem vitórias. A situação incomoda o técnico Tite, que diz que esse tipo de partida é um "campeonato a parte".

Depois do tropeço na Vila Belmiro, o comandante alvinegro diz que o Timão ainda precisa evoluir e que esse tipo de resultado faz parte do processo de amadurecimento.

- Temos de retomar o processo de crescimento da equipe. A equipe não está pronta. Hoje tenho o Guilherme Arana, por exemplo, que mostrou qualidade em seu "carimbo de fogo". Vai crescendo a equipe e a individualidade - explicou.

- O grupo tem que maturar, saber das adversidades, que jogou mal, maturar... esse processo de amadurecimento está também em jogar mal - comentou.

Ele ainda falou sobre aliar duas competições, tentou mostrar otimismo quanto a gravidade da lesão de Luciano e destacou a concorrência entre os jogadores corintianos.

- Tenho colocado que a competição entre eles é importante na busca pela titularidade e acaba acontecendo a oportunidade por momento técnico, cartão... O grupo todo está preparado! - finalizou.