icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/02/2015
15:15

Escalado para o UFC Alegre, Tiago Trator fará sua segunda luta dentro da maior organização mundial neste domingo. Em sua estreia, o brasileiro venceu o mexicano Akbarh Abreloa pelo UFC on Fox 12, em Julho de 2014. O seu segundo desafio será contra o americano Mike De La Torre, válido pela categoria dos pesos-penas. No entanto, a primeira dificuldade do brasileiro será vencer a balança, já que em sua estreia no UFC ocorreu pelo peso-leve e agora ele desce de categoria para assombrar o título de José Aldo.

O atleta da equipe Team Nogueira, mostra-se confiante para o duelo contra De La Torre. Acompanhado de perto e tratado como “futuro campeão do UFC” pelos profissionais que o acompanham, Tiago vive a expectativa de nocautear o seu oponente. Em seus treinamentos, ele intensificou o wrestling para neutralizar o jogo do rival.

- Venho tendo um tratamento especial por todos os treinadores do Team Nogueira e graças a Deus a equipe toda me da o suporte necessário para eu me tornar um atleta melhor a cada dia. Desde quando a luta foi anunciada, comecei a procurar informações sobre o meu adversário e durante esse processo, pude analisar que ele é um ótimo lutador que combina o boxe e wrestling. Diante disso, o meu camp foi uma sombra do que posso enfrentar. Estou preparado para encarar e nocautear De La Torre e assim sair com a minha segunda vitória - disse.

O lutador, que é natural de Laranjal do Jari (AP), chega para o duelo credenciado com a expressiva marca de 10 vitórias consecutivas. O amapaense, de apenas 27 anos, já foi campeão dos pesos-leves do Jungle Fight, e segue a passos firmes para fazer o nome dentro do UFC. A sua última derrota aconteceu em dezembro de 2011 e o próprio afirma que sua cabeça esta boa para aumentar a sequência vitoriosa.

- Meu desejo é que ele aumente para 11 vitórias. Meus treinamentos me deixaram confiantes para encarar essa luta e a minha cabeça está boa. Não penso nessa questão de estatística, mas é claro que isso ajuda a entrar na luta mais confiante. Sei que tenho muito para evoluir e é assim que vou fazendo minha carreira, com paciência. Já fui campeão do Jungle Fight, mas agora o meu objetivo é vencer esse duelo para subir mais um degrau rumo ao meu objetivo que é me manter dentro do UFC para quem sabe um dia ter a oportunidade de ser campeão mundial - finalizou.