icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
24/06/2014
16:07

As dificuldades esperadas pelos jogadores do Brasil no jogo contra o Chile, sábado, em Belo Horizonte, não decorrem apenas da qualidade do adversário, mas também da maneira como a equipe de Jorge Sampaoli atua.

Para o zagueiro Thiago Silva, os chilenos têm uma postura em campo semelhante a do México, único equipe até o momento que tirou pontos da Seleção no empate em 0 a 0 pela segunda partida da fase de grupos.

- Será basicamente a mesma coisa. São dias equipes de qualidade e que vão procurar o gol a todo momento. Acho que só muda o esquema, mas são jogadores habilidosos que nos colocam dificuldades - analisou o capitão.

Que venha o Chile! Brasileiros confiam em Seleção e mandam recado

O camisa 3 do Brasil não alerta apenas sobre o sistema de jogo do rival, mas também à velocidade com que o Chile ter nos momentos de atacar.

- Tenho ciência que é uma grande equipe, que tem jogadores que fazem a diferença e com grande movimentação, inclusive no meio de campo. Eles irão nos impor dificuldades. Mas o futebol é assim: em um momento você domina e no outro é dominado. E a partir do momento em que é dominado, entra a inteligência para não levar o gol - explicou o zagueiro.

Apesar do equilíbrio previsto para o duelo no Mineirão, Thiago Silva aposta no momento de evolução do Brasil justamente quando começam os confrontos eliminatórios.

- Sabemos das dificuldades, mas o importante é termos a consciência de que estamos crescendo no momento certo da competição - ressaltou.

Pare! Veja como o Brasil pode frear empolgação chilena