icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/03/2014
17:57

A falta de transmissão dos Jogos Sul-Americanos, que tiveram início nesta sexta-feiram em Santiago, no Chile, foi motivo de reclamações de Thiago Pereira. Um dos principais nomes da delegação brasileira, o nadador escreveu em seu site oficial uma texto em que lamenta a falta de visibilidade aos ateltas e o prejuízo p

– Está cada vez mais difícil ser um atleta olímpico no Brasil. Sem visibilidade não temos retorno dos patrocinadores, algo que é inadmissível faltando dois anos e meio para uma Olimpíada em nossa casa. Nós precisamos ficar em evidência e o Sul-Americano é muito importante. Concordo que somos o País do futebol, é uma questão cultural, mas há espaço. Vejo tudo isso como uma falta de respeito aos atletas brasileiros – desabafou o medalhista olímpico, vice-presidente da Comissão de Atletas da Fina (Federação Internacional de Natação).

Thiago Pereira tem na agenda compromissos nos 200m medley, neste domingo, e nos 100m costas, no sábado. A comissão técnica ainda irá decidir se o atleta integrará o revezamento 4x200m e os 400m medley.

A competição reune 43 modalidades divididas em duas sedes (Santiago e Viña Del Mar). Entre os esportes olímpicos, apenas o badminton não será disputado por uma decisão do comitê organizador. A equipe brasileira está representada por 481 atletas. Além de Thiago Pereira, nomes importantes como Fabiana Murer, Arthur Zanetti, Alexandra Nascimento compõem a delegação.

A Record é a emissora que detém os direitos de transmissão dos Jogos Sul-Americanos.