icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/07/2013
15:19

Thiago Pereira conquistou a medalha de ouro nos 200m peito no Aberto da França, em Bellerive-sur-Allier, neste domingo. Ele venceu a prova com o tempo de 1m58s92. O pódio foi completado pelo húngaro Laszlo Cseh (1m59s23) e pelo australiano Daniel Tranter (1m59s61).

- O campeonato foi curto e valeu para ganhar ritmo. Nadei apenas o Troféu Maria Lenk, em abril, e o Trofeo SetteColli de Roma, em junho, no ano de 2013. Agora é a vez do Mundial. Estou pronto - disse Pereira.

Quem também subiu ao pódio foi Cesar Cielo. Após vencer no último sábado nos 50m borboleta, ele foi prata nos 50m livre com o tempo de 21s78. Ele foi superado pelo campeão em Londres-2012 da prova, o francês Florent Manadou (21s64), enquanto o australiano James Magnussen ficou em terceiro (21s84).

Agora, Cielo segue sua preparação para o Mundial de Barcelona, que começa no dia 21 de julho.

- Sinto que estou na briga entre os melhores do mundo nos 50m livre. Dependerá muito do momento. Quem bater na frente vai levar e eu estou nesse bolo - analisou Cielo sobre a prova em que foi ouro na Olimpíada de Pequim, em 2008.

Thiago Pereira conquistou a medalha de ouro nos 200m peito no Aberto da França, em Bellerive-sur-Allier, neste domingo. Ele venceu a prova com o tempo de 1m58s92. O pódio foi completado pelo húngaro Laszlo Cseh (1m59s23) e pelo australiano Daniel Tranter (1m59s61).

- O campeonato foi curto e valeu para ganhar ritmo. Nadei apenas o Troféu Maria Lenk, em abril, e o Trofeo SetteColli de Roma, em junho, no ano de 2013. Agora é a vez do Mundial. Estou pronto - disse Pereira.

Quem também subiu ao pódio foi Cesar Cielo. Após vencer no último sábado nos 50m borboleta, ele foi prata nos 50m livre com o tempo de 21s78. Ele foi superado pelo campeão em Londres-2012 da prova, o francês Florent Manadou (21s64), enquanto o australiano James Magnussen ficou em terceiro (21s84).

Agora, Cielo segue sua preparação para o Mundial de Barcelona, que começa no dia 21 de julho.

- Sinto que estou na briga entre os melhores do mundo nos 50m livre. Dependerá muito do momento. Quem bater na frente vai levar e eu estou nesse bolo - analisou Cielo sobre a prova em que foi ouro na Olimpíada de Pequim, em 2008.