icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2013
16:17

O meia Thiago Neves utilizou o seu Twiiter pessoal para relembrar a final da Libertadores de 2008, que completou cinco anos nesta terça-feira, Na ocasião, apesar dos três gols marcados pelo meia, o Fluminense não conseguiu sair com o título, que ficou com a LDU, do Equador, após a disputa de pênaltis.

– Foi o dia mais triste da minha vida, não só da minha, mas de todos os torcedores do nosso Fluzão – publicou o jogador.

E MAIS
Fred é alvo de interesse estrangeiro, mas deve ficar no Fluminense
Fluminense segue aguardando definição sobre saída de Thiago Neves
Em dia de chuva, Flu faz treino físico e lesionados iniciam transição

Ainda no Twitter, Thiago Neves também afirmou que aquele foi o jogo mais importante da sua carreira e disse que apesar da derrota, o Fluminense passou a ser mais respeitado na América do Sul.

– Hoje fazem cinco anos da final mais importante da minha vida, não ganhamos, mas todos passaram a respeitar o Fluzão – concluiu.

O Fluminense foi derrotado na primeira partida, em Quito, por 4 a 2. No jogo de volta, no Maracanã, venceu por 3 a 1, como não havia o critério do gol fora de casa na final, a decisão foi para os pênaltis, nas cobranças, Washington, Thiago Neves e Conca desperdiçaram e o time equatoriano sagrou-se campeão.

O meia Thiago Neves utilizou o seu Twiiter pessoal para relembrar a final da Libertadores de 2008, que completou cinco anos nesta terça-feira, Na ocasião, apesar dos três gols marcados pelo meia, o Fluminense não conseguiu sair com o título, que ficou com a LDU, do Equador, após a disputa de pênaltis.

– Foi o dia mais triste da minha vida, não só da minha, mas de todos os torcedores do nosso Fluzão – publicou o jogador.

E MAIS
Fred é alvo de interesse estrangeiro, mas deve ficar no Fluminense
Fluminense segue aguardando definição sobre saída de Thiago Neves
Em dia de chuva, Flu faz treino físico e lesionados iniciam transição

Ainda no Twitter, Thiago Neves também afirmou que aquele foi o jogo mais importante da sua carreira e disse que apesar da derrota, o Fluminense passou a ser mais respeitado na América do Sul.

– Hoje fazem cinco anos da final mais importante da minha vida, não ganhamos, mas todos passaram a respeitar o Fluzão – concluiu.

O Fluminense foi derrotado na primeira partida, em Quito, por 4 a 2. No jogo de volta, no Maracanã, venceu por 3 a 1, como não havia o critério do gol fora de casa na final, a decisão foi para os pênaltis, nas cobranças, Washington, Thiago Neves e Conca desperdiçaram e o time equatoriano sagrou-se campeão.