icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
24/02/2015
16:48

A Liga dos Campeões da Ásia, competição que dá acesso ao Mundial de Clubes da FIFA no fim do ano, começa nesta semana. O atual vice-campeão, Al Hilal, dos brasileiros Digão e Thiago Neves, enfrenta na quarta-feira (25) o Lokomotiv, do Uzbequistão.

Os dois brasileiros querem garantir a vitória para começar com o pé direito na competição. Na última edição da AFC, o clube árabe chegou até a final, fazendo uma excelente campanha e perdendo apenas uma partida na fase mata-mata.Thiago Neves comenta a expectativa para a estreia da equipe.

- É uma competição muito difícil. Os times do leste são muito fortes. As equipes da Ásia estão investindo em grandes contratações, principalmente em nomes conhecidos no Brasil. Vamos ter duelos difíceis já na fase de grupo. Estou me dedicando ao máximo nos treinos para fazer uma boa campanha com o Al Hilal. Sabemos que toda a nossa torcida deseja esse título. Todos os atletas estão comprometidos a buscar a taça que ficou tão perto de nós na última edição - disse Thiago Neves.

Na temporada 2014/2015, Thiago Neves já marcou nove tentos em 16 partidas oficiais, sendo o último o gol de empate no duelo do fim de semana contra o Al Ahli, que terminou em 1 a 1. Com esses números, o atleta totaliza uma média de 0,5 gol/jogo.

Xerife da zaga do Al Hilal, Digão já disputou a Liga do Campeões da Ásia na última temporada e quer, agora, vencer a edição 2015 para levantar pela primeira vez o troféu com o clube. Para isso, o atleta mostra que está pronto para conquistar a primeira vitória na estreia.

- Chegamos à final no ano passado e queremos, dessa vez, conquistar o título. Começar a competição com uma vitória dará mais moral para a equipe e ajudará a manter um bom ritmo nessa primeira fase para garantirmos a classificação para as oitavas de final. O time está entrosado e já possui experiência na competição. Se conseguirmos uma boa sequência nos primeiros jogos, podemos conquistar a classificação antecipada e garantir o primeiro lugar do grupo com uma boa folga ante os outros clubes - afirmou.

Essa será a segunda vez que o zagueiro disputa a competição. Digão chegou ao Al Hilal em 2014 e já entrou em campo em 50 partidas com o time, das quais defendeu a equipe em 29 vitórias, dez empates e apenas 11 derrotas. Com isso, o jogador está com 64,6% de aproveitamento dentro de campo.