icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/02/2015
08:00

Está aberta a briga pela titularidade no ataque do Vasco. Thalles voltou ontem da Seleção Brasileira sub-20 e, por ser o único centroavante do elenco, já ameaça a vaga de Rafael Silva. O atual camisa 9, porém, ganhou certa moral após o gol marcado contra o Tigres do Brasil, no domingo. O técnico Doriva tem terça e quarta para decidir quem será titular diante do Macaé, quinta-feira, em São Januário.

Rafael Silva é o titular da posição, desde o início da pré-temporada, em Pinheiral. Até então, ainda não tinha uma sombra, e se manteve absoluto no ataque. Velho conhecido de Doriva, com quem trabalhou no Ituano, ano passado, ele se diz tranquilo para a disputa e mostra confiança no treinador.

- Não tenho medo. O Doriva tem capacidade de reparar bem em todos do grupo e sabemos que ele vai usar o que tiver de melhor na posição - analisou o atacante.

Nos quatro primeiros jogos pelo Vasco - dois pelo Torneio Super Series e dois pelo Carioca - Rafael Silva passou em branco. No domingo, balançou a rede pela primeira vez na temporada. Mesmo assim, fez questão de lembrar a preferência por jogar do lado do campo, sua posição original. Tanto que foi por lá que iniciou a jogada do gol.

- Estava difícil de sair, mas aí surgiu uma jogada como eu gosto, na beirada, e trazendo para dentro. Todos sabem que jogo mais pela beirada - comentou o atacante.

Na segunda-feira, Thalles fez uma avaliação com o Caprres (Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo) e ficou constatado que ele precisa reforçar a musculatura, pois está com desnível de força. Ele iniciou ontem mesmo o reforço e, por enquanto, não deve ser problema. Sendo assim, fica a critério de Doriva a escalação do atacante para o jogo.