icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2013
21:04

Principal contratação da Juventus para a próxima temporada, o atacante Tevez criticou a forma com que o seu antigo clube, o Manchester City, relacionava-se com a Liga dos Campeões. O argentino disse que está muito mais "leve" na Velha Senhora.

- Havia muita pressão, vinha de todo o lado: da diretoria, da comissão da torcida... Acho que muita pressão prejudica a equipe. Havia muita expectativa em ser um gigante da Europa e os jogadores não conseguiram. Caímos na fase de grupo duas vezes - disse Tevez em entrevista à "CNN", lembrando que a prioridade da Juventus na próxima temporada é outra:

- Precisamos ficar calmos e não sentir a pressão para vencer a Champions. Caso contrário, será impossível escapar a essa pressão. só precisamos saber que, vencendo o Campeonato Italiano, entramos a história do futebol no país. Depois pensamos em outros objetivos.

Por enquanto a Juventus contratou apenas três jogadores. Antes de Tevez, o clube acertou com Llorente, ex-Athletic Bilbao, e Ogbonna, ex-Torino.

Antes de chegar na Juventus, Tevez passou por Boca Juniors, Corinthians, West Ham, Manchester United e Manchester City. Com 14 títulos até agora, coleciona gols e polêmicas, principalmente em relação às saídas. Primeiro trocou um rival pelo outro da mesma cidade, e o adeus aos Citizens arrastou-se por muito tempo.

Em uma partida do City em que começou na reserva, ele recusou-se a entrar e foi afastado por Roberto Mancini. Esteve para sair, mas o clube nunca aceitou as propostas do Milan, e acabou sendo reintegrado meses depois. Porém, nunca voltou a ter o mesmo clima de antes.

Principal contratação da Juventus para a próxima temporada, o atacante Tevez criticou a forma com que o seu antigo clube, o Manchester City, relacionava-se com a Liga dos Campeões. O argentino disse que está muito mais "leve" na Velha Senhora.

- Havia muita pressão, vinha de todo o lado: da diretoria, da comissão da torcida... Acho que muita pressão prejudica a equipe. Havia muita expectativa em ser um gigante da Europa e os jogadores não conseguiram. Caímos na fase de grupo duas vezes - disse Tevez em entrevista à "CNN", lembrando que a prioridade da Juventus na próxima temporada é outra:

- Precisamos ficar calmos e não sentir a pressão para vencer a Champions. Caso contrário, será impossível escapar a essa pressão. só precisamos saber que, vencendo o Campeonato Italiano, entramos a história do futebol no país. Depois pensamos em outros objetivos.

Por enquanto a Juventus contratou apenas três jogadores. Antes de Tevez, o clube acertou com Llorente, ex-Athletic Bilbao, e Ogbonna, ex-Torino.

Antes de chegar na Juventus, Tevez passou por Boca Juniors, Corinthians, West Ham, Manchester United e Manchester City. Com 14 títulos até agora, coleciona gols e polêmicas, principalmente em relação às saídas. Primeiro trocou um rival pelo outro da mesma cidade, e o adeus aos Citizens arrastou-se por muito tempo.

Em uma partida do City em que começou na reserva, ele recusou-se a entrar e foi afastado por Roberto Mancini. Esteve para sair, mas o clube nunca aceitou as propostas do Milan, e acabou sendo reintegrado meses depois. Porém, nunca voltou a ter o mesmo clima de antes.