icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
24/02/2015
11:07

Um dos principais rivais de Ayrton Senna nas na Fórmula 1, Alain Prost completa 60 anos nesta terça-feira. O francês foi um dos maiores pilotos de todos os tempos, conquistando quatro títulos mundiais. Prost, que também era conhecico como "O Professor" correu por McLaren, Renault, Ferrari e Williams, vencendo 51 das 199 provas que disputou na F-1.



A estreia de Alain Prost na Fórmula 1 foi em 1980, pela McLaren. Porém, depois de um ano ruim e sem conseguir nenhum pódio, ele se despediu e foi para a Renault. O piloto ficou na escuderia francesa por três anos e só teve um campeonato consistente em 1983, quando conseguiu quatro vitórias. Neste ano, ele chegou a última prova na liderança do campeonato. Porém, seu carro quebrou e deixou o caminho livre para o bicampeonato de Nelson Piquet.

Pela McLaren, Prost fez sua estreia em 1980. A primeira vitória só veio no ano seguinte, pela Renault


No primeiro ano de McLaren, Prost brigou prova a prova com o veterano bicampeão Niki Lauda pelo campeonato. E mais uma vez o francês acabou perdendo o título no último GP da temporada, em portugal.

Porém, nos anos seguinte Alain Prost teve melhor sorte. Em 1985 ele conseguiu o primeiro título ao vencer a disputa contra Michele Alboreto, da Ferrari. Na temporada seguinte, o francês faturou o bi depois de virar o campeonato contra Nigel Mansell.

A partir de 1988 começou a batalha entre Prost e Senna, dois pilotos que estavam no auge. Em 88 o brasileiro conseguiu conquistar o título porque tinha uma vitória a mais do que o francês. Prost deu o troco e conquistou o tri em 1989, com uma das colisões mais polêmicas da F-1 contra o brasileiro, no GP do Japão.

No ano seguinte Prost foi para a Ferrari, onde ficou por dois anos. Na primeira temporada quase foi campeão, mas perdeu na última corrida com o troco dado por Senna, que o acertou na primeira curva em Suzuka. Em 92 o francês ficou sem equipe para correr e só voltou para a F-1 em 1993, quando conquistou o seu quarto título, pela Williams Renault. Depois disso, ele anunciou a sua aposentadoria.

Em 1993, com a concorrência de Schumacher e Ayrton Senna, Prost conquistou seu quarto título (Foto: Divulgação)

Após encerrar sua carreira como piloto, Prost foi chefe de equipe que tinha o seu nome entre 1997 e 2001. Atualmente ele é chefe de equipe da e.Dams, da F-E, que tem o seu filho Nicolas e o suíço Sébastien Buemi como pilotos.