icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/12/2013
10:40

Enquanto o Atlético-MG estreia no Mundial de Clubes nesta quarta-feira, o Raja Casablanca disputará sua terceira partida na competição. Após estrear contra o Auckland City e ganhar as quartas de final frente ao Monterrey, o time marroquino vem crescendo no torneio, e o acúmulo de jogo é visto de maneira positiva pelo técnico Faouzi Benzarti.

- Penso que é uma vantagem. Os jogadores se esforçam ao máximo, se aplicam, adoram sua equipe, esquecem o cansaço, o estresse e só pensam em ganhar - explicou o treinador em entrevista coletiva.

Ao menos em teoria, o Raja é o "time da casa", já que joga em seu país, mas a presença maciça de atleticanos em Marrakesh pode atrapalhar a festa dos Green Boys.

- Queremos agradecer o público e sua presença. Estamos acostumados a jogar com esse público, não é algo novo. Sempre jogamos com um grande público, e isso é uma vantagem. O futebol sem público não é futebol - comentou Benzarti.

Contra o Galo, o plano é fechar o meio de campo e não deixar que Ronaldinho & Cia. tenham o domínio da partida.

- Vamos nos fechar, ser um bloco sólido, ficar perto para trazer apoio aos jogadores e também marcar cada jogador e não deixar espaços livres. Vamos nos adaptar em função das situações do jogo. Somos capazes de ser eficazes ofensiva e defensivamente. Vamos tentar dominar o meio de campo e nos adaptar ao jogo do adversário - completou.