icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/12/2013
14:12

Guillermo Olaso, tenista espanhol que ocupa a 236ª colocação do ranking mundial de tênis, recebeu uma suspensão imediata de cinco anos, além de uma multa de US$ 25 mil. O motivo foi a manipulação de resultados operadas pelo atleta.

Ele se pronunciou imediatamente após a decisão e disse que irá recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte. Ele foi culpado por manipular partidas em no Challenger de Astana, no Cazaquistão, em 2010.

Olaso explicou que foi contactado por uma organização russa dedicada a cometer a manipulação. Ele alegou que não reagiu devidamente, sentiu medo e ansiedade, que afetaram o seu rendimento em quadra, mas que não aceitou dinheiro algum.

A punição foi aplicada pela Unidade de Integração do Tênis (UIT), entidade que foi criada em 2008 para combater a corrupção no tênis profissional.

Com a punição, Olaso poderá voltar a jogar apenas em 2018, quando vai estar com 30 anos. A UIT ainda informou que ele não vai precisar cumpriri os últimos 18 meses da pena, caso pague o valor solicitado e participe de programas anti-corrupção.

Olaso nunca conquistou um torneio organizado pela ATP e nem sequer disputou uma final deste nível.