icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
13/02/2015
16:28

Após chegarem à chave principal do Aberto do Kuwait, Hugo Calderano (70º colocado do ranking mundial) e Gustavo Tsuboi (44º) acabaram eliminados, nesta sexta-feira, em duelos diante do português Marcos Freitas (10º) e do chinês Bo Fang (15º), respectivamente, ambos por 4 a 1. Os confrontos foram válidos pelos 32 avos de final.

O carioca de 18 anos, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude do ano passado, começou bem o duelo e chegou a abrir 7/3 no primeiro set, mas Freitas reagiu e acabou vencendo: 13/11. A partida seguiu equilibrada na segunda parcial, com nova vitória do português, agora por 11/8.

Calderano foi melhor no terceiro e venceu por 11/9. Freitas, no entanto, retomou o controle do jogo e venceu os sets seguintes por 11/6 e 11/2, fechando o jogo em 4 a 1.

- Ele mantém a bola na mesa e tem muita qualidade nas trocas de bola. Foi difícil ler o serviço dele -,  disse Calderano após a partida.

Tsuboi também conseguiu superar Fang em um set – parciais de 6/11, 6/11, 7/11, 11/6 e 7/11 – e, mesmo fazendo um bom jogo, encontrou as mesmas dificuldades do compatriota, devido à qualidade do adversário.

- É muito difícil receber o serviço dele, não consegui fazer a leitura dos saques. E ele é muito forte na primeira bola, deixa você em apuros. Não cometi muitas falhas, mas, jogando contra um adversário desse nível, não se pode errar -, analisou o paulista.

Como os demais brasileiros já haviam sido eliminados do Aberto do Kuwait, a seleção encerrou sua participação no evento. O próximo desafio será no Aberto do Qatar, em Doha, que começa já na terça-feira (17) com as presenças de Tsuboi, Calderano, Cazuo Matsumoto (89º), Thiago Monteiro (145º) e Caroline Kumahara (117ª).