icons.title signature.placeholder Rafael Sandrão
icons.title signature.placeholder Rafael Sandrão
08/07/2013
15:39

Após dez provas disputadas, a Fórmula 1 chega à metade com o alemão Sebastian Vettel como líder da temporada com 157 pontos e certa vantagem para o segundo colocado Fernando Alonso que está com 123. O alemão venceu quatro das dez provas e atingiu o pódio por seis vezes na temporada. Ele está a uma vitória de igualar o seu número do ano passado, quando conquistou o tricampeonato.

Na briga pelo título de construtores, a Red Bull lidera o campeonato com 250 pontos e pelo andar da carruagem dificilmente perderá a ponta. A segunda colocação está sendo disputada bravamente por Mercedes e Ferrari, sendo que a equipe de Lewis Hamilton e Nico Rosberg leva vantagem em relação à equipe italiana por três pontos.

Relembre alguns fatos que marcaram a Fórmula 1 até agora.

Temporada de Felipe Massa

O brasileiro Felipe Massa de fato não está passando por uma das melhores fases em sua carreira na Fórmula 1. Das últimas quatro provas, o piloto da Ferrari acabou abandonando a prova em duas delas: Mônaco e Alemanha.

Massa chegou ao pódio apenas no GP da Espanha, quando terminou a prova na terceira posição. Ele ocupa a sétima colocação no campeonato com 57 pontos.

Polêmica dos testes secretos entre Pirelli e Mercedes

Em junho, a FIA esteve em investigação por conta de uma suspeita de testes não permitidos entre Mercedes e Pirelli. Foi realizada uma audiência na presença de membros das principais equipes da Fórmula 1, porém nada foi constatado e a equipe saiu ilesa de punições.

Briga entre Vettel e Webber no GP da Malásia

O GP da Malásia de Fórmula 1 abrigou um capítulo a parte na história da Red Bull. Além da equipe ter colocado seus dois pilotos nas duas primeiras colocações da corrida, Vettel passou por cima da ordem da equipe para manter as posições e ultrapassou Mark Webber no final da prova. O fato irritou o piloto australiano e gerou estresse com o companheiro de equipe.

Aposentadoria de Webber

O piloto australianao Mark Webber anunciou no fim de junho que se aposentará ao final da temporada da Fórmula 1. Webber se juntará à Porche em projeto no automobilismo. Segundo ele a decisão será melhor para a Red Bull.

- Acho que hoje ajudei a equipe, porque ainda têm algumas decisões a serem tomadas para o futuro – afirmou o piloto em entrevista coletiva no circuito de Silverstone.

A surpresa nos construtores

A Lotus-Renault vem sendo a grata surpresa dentre as equipes nessa temporada. Comandada pelo finlandês Kimi Raikkonen, a equipe tem incomodado as principais escuderias da Fórmula 1 e busca seu espaço dentro das principais equipes da categoria. O finlandês venceu logo a primeira prova da temporada na Austrália e está na terceira posição do campeonato. O francês Romais Grosjean alcançou o pódio por duas vezes nos GPs do Bahrein e Alemanha.

Festival de pneus furados no GP da Inglaterra

A Pirelli voltou a ser protagonista de histórias polêmicas na Fórmula 1 durante o GP da Inglaterra, em que diversos pneus tiveram a corrida prejudicada por conta do desgaste dos compostos da marca. Felipe Massa, Lewis Hamilton, Sergio Pérez e Jean-Eric Vergne foram os principais atingidos pelo problema.

Após dez provas disputadas, a Fórmula 1 chega à metade com o alemão Sebastian Vettel como líder da temporada com 157 pontos e certa vantagem para o segundo colocado Fernando Alonso que está com 123. O alemão venceu quatro das dez provas e atingiu o pódio por seis vezes na temporada. Ele está a uma vitória de igualar o seu número do ano passado, quando conquistou o tricampeonato.

Na briga pelo título de construtores, a Red Bull lidera o campeonato com 250 pontos e pelo andar da carruagem dificilmente perderá a ponta. A segunda colocação está sendo disputada bravamente por Mercedes e Ferrari, sendo que a equipe de Lewis Hamilton e Nico Rosberg leva vantagem em relação à equipe italiana por três pontos.

Relembre alguns fatos que marcaram a Fórmula 1 até agora.

Temporada de Felipe Massa

O brasileiro Felipe Massa de fato não está passando por uma das melhores fases em sua carreira na Fórmula 1. Das últimas quatro provas, o piloto da Ferrari acabou abandonando a prova em duas delas: Mônaco e Alemanha.

Massa chegou ao pódio apenas no GP da Espanha, quando terminou a prova na terceira posição. Ele ocupa a sétima colocação no campeonato com 57 pontos.

Polêmica dos testes secretos entre Pirelli e Mercedes

Em junho, a FIA esteve em investigação por conta de uma suspeita de testes não permitidos entre Mercedes e Pirelli. Foi realizada uma audiência na presença de membros das principais equipes da Fórmula 1, porém nada foi constatado e a equipe saiu ilesa de punições.

Briga entre Vettel e Webber no GP da Malásia

O GP da Malásia de Fórmula 1 abrigou um capítulo a parte na história da Red Bull. Além da equipe ter colocado seus dois pilotos nas duas primeiras colocações da corrida, Vettel passou por cima da ordem da equipe para manter as posições e ultrapassou Mark Webber no final da prova. O fato irritou o piloto australiano e gerou estresse com o companheiro de equipe.

Aposentadoria de Webber

O piloto australianao Mark Webber anunciou no fim de junho que se aposentará ao final da temporada da Fórmula 1. Webber se juntará à Porche em projeto no automobilismo. Segundo ele a decisão será melhor para a Red Bull.

- Acho que hoje ajudei a equipe, porque ainda têm algumas decisões a serem tomadas para o futuro – afirmou o piloto em entrevista coletiva no circuito de Silverstone.

A surpresa nos construtores

A Lotus-Renault vem sendo a grata surpresa dentre as equipes nessa temporada. Comandada pelo finlandês Kimi Raikkonen, a equipe tem incomodado as principais escuderias da Fórmula 1 e busca seu espaço dentro das principais equipes da categoria. O finlandês venceu logo a primeira prova da temporada na Austrália e está na terceira posição do campeonato. O francês Romais Grosjean alcançou o pódio por duas vezes nos GPs do Bahrein e Alemanha.

Festival de pneus furados no GP da Inglaterra

A Pirelli voltou a ser protagonista de histórias polêmicas na Fórmula 1 durante o GP da Inglaterra, em que diversos pneus tiveram a corrida prejudicada por conta do desgaste dos compostos da marca. Felipe Massa, Lewis Hamilton, Sergio Pérez e Jean-Eric Vergne foram os principais atingidos pelo problema.