icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/03/2014
12:58

O Chelsea avançou para as quartas de final da Champions League ao derrotar o Galatasaray, na última terça-feira, por 2x0, no Stanford Bridge, em Londres. Mais uma vez a equipe do técnico José Mourinho não sofreu gols e fez jus ao fato de ter uma das melhores defesas da Europa. É a defesa menos vazada da competição continental, ao lado do Atlético de Madrid, com apenas quatro gols sofridos em oito jogos disputados, e também é a melhor defesa do campeonato nacional.

Segundo maior ladrão de bolas da equipe na Champions League e líder no Campeonato Inglês, com mais de 80 desarmes, Ramires tem papel essencial na consistência defensiva do Chelsea. Formando a dupla de volantes no último jogo ao lado de Frank Lampard, ele ajudou a anular o ataque do Galatasaray que, além de não conseguir balançar as redes, arrematou apenas três vezes contra a meta do goleiro Peter Cech. Para o ex-cruzeirense, o segredo do sucesso do Chelsea é o prazer que todos os jogadores têm de recuperar a bola do adversário.

- Entramos no jogo sabendo da importância da partida, que estávamos jogando pelas milhares de pessoas que lotaram novamente o Stamford Bridge, e graças a Deus acabou dando tudo certo. Conseguimos executar bem tudo o que treinamos. Neutralizamos praticamente todas as jogadas ofensivas deles e aproveitamos  as oportunidades que tivemos.  Não temos a melhor defesa da Liga dos Campeões e do Campeonato Inglês por acaso. Além de bem armado taticamente pelo Mourinho, nosso time tem prazer de marcar. Gostamos de ir atrás do adversário para recuperar a bola, de não deixar ele jogar. Esse espirito de luta está fazendo os resultados aparecerem. Não sei o tamanho da vontade que os outros times têm de vencer, mas a nossa é enorme. Sabemos que as coisas serão ainda mais complicadas daqui para frente, mas somos movidos a desafios. Estamos confiantes e prontos para encarar o que vem por aí - disse Ramires.