icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2013
21:17

A pernambucana Teliana Pereira, atualmente 111ª colocada no ranking mundial de simples, não passou do primeiro dia de disputas no WTA de Palermo. Nesta terça, ela sentiu o desgaste de uma sequência de 11 partidas em sequência e foi derrotada pela italiana Karin Knapp (72ª) por 2 sets a 0, parciais de 6/3 6/2, em 1h15min.

Knapp vem embalada pela campanha realizada na grama sagrada de Wimbledon. Em Londres, ela caiu nas oitavas de final, ao perder para a francesa Marion Bartoli, que viria a se sagrar campeã na decisão ao superar a alemã Sabine Lisicki. Na estreia em Palermo, a italiana conseguiu duas quebras de serviço logo no primeiro set e não encontrou problemas para sair vitoriosa.

- Hoje foi duro. Não consegui jogar direito, e tinha uma ótima adversária pela frente. Tive problemas para me movimentar, senti dores nas costas, no quadril e ombro - confessou a número um do Brasil, que vinha de dois títulos na França nos challengers de Denain e Perigeaux.

Resta a chave de duplas

Nos próximos dias, Teliana terá um descanso de partidas no simples. Ela só volta a jogar pela categoria no WTA de Bastad, na semana que vem. Antes, porém, a tenista tem compromisso pela chave de duplas. Ao lado da colombiana Mariana Duque, ela encara a alemã Kristina Barrois e a austríaca Nicole Roitmann. A partida acontece na próxima quarta ou quinta-feira.

- Vou tentar jogar dupla e descansar um pouco para chegar em melhores condições na semana que vem - completou. 

A pernambucana Teliana Pereira, atualmente 111ª colocada no ranking mundial de simples, não passou do primeiro dia de disputas no WTA de Palermo. Nesta terça, ela sentiu o desgaste de uma sequência de 11 partidas em sequência e foi derrotada pela italiana Karin Knapp (72ª) por 2 sets a 0, parciais de 6/3 6/2, em 1h15min.

Knapp vem embalada pela campanha realizada na grama sagrada de Wimbledon. Em Londres, ela caiu nas oitavas de final, ao perder para a francesa Marion Bartoli, que viria a se sagrar campeã na decisão ao superar a alemã Sabine Lisicki. Na estreia em Palermo, a italiana conseguiu duas quebras de serviço logo no primeiro set e não encontrou problemas para sair vitoriosa.

- Hoje foi duro. Não consegui jogar direito, e tinha uma ótima adversária pela frente. Tive problemas para me movimentar, senti dores nas costas, no quadril e ombro - confessou a número um do Brasil, que vinha de dois títulos na França nos challengers de Denain e Perigeaux.

Resta a chave de duplas

Nos próximos dias, Teliana terá um descanso de partidas no simples. Ela só volta a jogar pela categoria no WTA de Bastad, na semana que vem. Antes, porém, a tenista tem compromisso pela chave de duplas. Ao lado da colombiana Mariana Duque, ela encara a alemã Kristina Barrois e a austríaca Nicole Roitmann. A partida acontece na próxima quarta ou quinta-feira.

- Vou tentar jogar dupla e descansar um pouco para chegar em melhores condições na semana que vem - completou.