icons.title signature.placeholder Michel Castellar
14/06/2014
13:18

O técnico da Suíça, o alemão Ottmar Hitzfeld, admitiu que tanto sua equipe quanto a França são as favoritas para ficar com as duas vagas para as oitavas de final do grupo E da Copa do Mundo. No domingo, os suíços estreiam contra o Equador, no Estádio Nacional de Brasília - Mané Garrincha e no fim da manhã deste sábado fizeram o treino de reconhecimento do local.

- As duas equipes estão emparelhadas. Somos dois favoritos. Ficamos acima da França (por ser cabeça-de-chave do grupo) porque nos últimos dois anos tivemos melhores resultados, mas eles têm um grande potencial e sempre devem ser considerados favoritos - disse Hitzfeld sobre o grupo E, que ainda tem como participante a seleção de Honduras.

Apesar do favoritismo, Hitzfeld disse que todo a partida será encarada como uma verdadeira decisão. Só assim, segundo ele, será possível realizar o seu sonho pessoal que é o de chegar às oitavas de final.

Sobre o confronto contra o Equador, o técnico garantiu que a Suíça está preparada. Voltou a elogiar a equipe sul-americana e destacou o conjunto adversário que não se resume somente a um jogador.

Capitão da equipe, o meia Inler destacou que o time está pronto tanto fisico como tecnicamente. E se mostrou surpreso com o clima de Brasília, considerado agradável por todos, que esperavam um forte calor.

- Viemos preparados para um clima de forte calor, mas está moderado. Hoje está um dia lindo e a umidade está melhor do que em Porto Seguro (onde treinaram por uma semana). Amanhã, faremos o melhor possível na partida - frisou Inler.

Depois dos suíços, será a vez dos equatorianos fazerem o reconhecimento do gramado do Mané Garrincha, a partir das 14 horas. O jogo entre Suíça e Equador ocorrerá no domingo, a partir das 13 horas.