icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
20/12/2013
09:50

Único treinador não-dinamarquês da semifinal do Mundial de Handebol, o técnico da Sérvia, que enfrentará a Polônia também nesta sexta-feira, às 15h (de Brasília), Sasha Boskovic ironizou o fato de a maioria de as seleções serem bem-sucedidas com comandantes do país nórdicos à sua frente. Segundo ele, após este Mundial, todos irão querer técnicos da Sérvia para dirigir as suas equipes.

– Estou me sentindo solitário aqui. Mas acho que, após vencermos este campeonato, todos os times vão passar a querer os técnicos sérvios – disse o técnico, conhecido por sua irreverência.

A Sérvia é uma das grandes surpresas das semifinais do Mundial de Handebol. A seleção dirigida por Boskovic eliminou a maior favorita a este torneio, a Noruega. As nórdicas haviam sido campeãs mundiais em 2011 e campeãs olímpicas no ano passado, em Londres.