icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
01/07/2013
17:04

No último teste de preparação antes do reinício de disputa do Brasileiro, uma derrota por 2 a 0 para o Taubaté. Mas não foi o resultado ruim o que mais incomodou o treinador Edson Pimenta. Desfalcado de sete titulares, o comandante lamentou não ter conseguido aproveitar o amistoso para dar ritmo de jogo ao time principal da Lusa.

- Quando acertamos o amistoso com o Taubaté, nossa intenção era trazer a equipe principal e dar ritmo de jogo, após duas semanas sem atuar. Porém, tivemos cinco jogadores que foram poupados por sentirem incômodos musculares e dois com problemas familiares de última hora, então mudamos todos os planos - afirmou.

Para suprir as ausências, Pimenta optou por levar a campo algumas promessas das divisões de base da Lusa. Ao todo, cinco pratas da casa da equipe sub-20 do rubro-verde foram observados no confronto.

E MAIS:
> Djalma Santos, bicampeão mundial, está internado em Uberaba
> Paulinho anuncia saída do Timão, não segura as lágrimas e já fala em voltar
> Antes da Recopa, Ney Franco cogita Ganso no banco e adota mistério

- Mudamos nossas perspectivas e ao invés de dar ritmo, usamos o jogo para fazer alguns testes e conhecer melhor alguns garotos da base. Acabei até atrapalhando o trabalho do Emerson Torres ( Técnico da Portuguesa Sub20), porque trouxe cinco titulares da equipe dele, para analisar contra o Taubaté - disse.

A Portuguesa volta a campo no próximo sábado, às 21 horas, no Canindé, para confronto contra o Cruzeiro, em jogo válido pela sexta rodada do Brasileiro.

No último teste de preparação antes do reinício de disputa do Brasileiro, uma derrota por 2 a 0 para o Taubaté. Mas não foi o resultado ruim o que mais incomodou o treinador Edson Pimenta. Desfalcado de sete titulares, o comandante lamentou não ter conseguido aproveitar o amistoso para dar ritmo de jogo ao time principal da Lusa.

- Quando acertamos o amistoso com o Taubaté, nossa intenção era trazer a equipe principal e dar ritmo de jogo, após duas semanas sem atuar. Porém, tivemos cinco jogadores que foram poupados por sentirem incômodos musculares e dois com problemas familiares de última hora, então mudamos todos os planos - afirmou.

Para suprir as ausências, Pimenta optou por levar a campo algumas promessas das divisões de base da Lusa. Ao todo, cinco pratas da casa da equipe sub-20 do rubro-verde foram observados no confronto.

E MAIS:
> Djalma Santos, bicampeão mundial, está internado em Uberaba
> Paulinho anuncia saída do Timão, não segura as lágrimas e já fala em voltar
> Antes da Recopa, Ney Franco cogita Ganso no banco e adota mistério

- Mudamos nossas perspectivas e ao invés de dar ritmo, usamos o jogo para fazer alguns testes e conhecer melhor alguns garotos da base. Acabei até atrapalhando o trabalho do Emerson Torres ( Técnico da Portuguesa Sub20), porque trouxe cinco titulares da equipe dele, para analisar contra o Taubaté - disse.

A Portuguesa volta a campo no próximo sábado, às 21 horas, no Canindé, para confronto contra o Cruzeiro, em jogo válido pela sexta rodada do Brasileiro.