icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/06/2014
16:24

Apesar da goleada de 4 a 0 e da total superioridade da Alemanha dentro de campo, os portugueses deixaram a partida reclamando bastante da arbitragem. Mais especificamente, criticaram o pênalti que originou o primeiro gol alemão e a expulsão de Pepe. Ambos ainda no primeiro tempo.

- Para mim, alguns métodos da arbitragem nos penalizaram. A expulsão me pareceu forçada, assim como a jogada do pênalti. Foram dois momentos que condicionaram o resultado nos primeiros 45 minutos - comentou Paulo Bento, treinador português.

Mas a entrevista coletiva do técnico português não foi apenas moldada de reclamações de arbitragem. Paulo Bento também lembrou que a Alemanha foi superior durante boa parte do jogo e mereceu a vitória. No entanto, deixou claro que estava incomodado com a atuação do árbitro.

- Não disse que foi só o árbitro que motivou a derrota. Cometemos erros e pagamos. Não apenas ofensivos, mas também defensivos. Em comparação com a eficácia da Alemanha, foi uma diferença tremenda. O que digo é que, na dúvida, ele foi mais para o lado da Alemanha - disse.

Com a derrota, os portugueses precisam vencer os Estados Unidos, domingo, na Arena da Amazônia. Afinal, depois desta estreia, Portugal não apenas está sem ponto, como também tem saldo de menos quatro gols.