icons.title signature.placeholder Michel Castellar
26/06/2014
18:04

A vitória por apenas 2 a 1 contra Gana, pela última rodada do grupo G, impediu que Portugal avançasse à próxima fase da Copa do Mundo. O técnico Paulo Bento fez questão de assumiu a responsabilidade pela eliminação portuguesa e afirmou que não irá culpar qualquer jogador.

- Não me parece justo individualizar a questão. Cometemos um conjunto de erros ao longo desses três jogos e isso acabou por nos penalizar. A responsabilidade é minha e os jogadores tentaram fazer o que lhes competia - considerou Bento.

Bento ainda aproveitou para enaltecer Cristiano Ronaldo, que desperdiçou cinco oportunidades de gol. Lembrou que o fato de o craque português ter falhado contra Gana não significa nada porque, por muitas vezes, foi o atleta quem salvou a equipe, justamente por ser eficiente nas finalizações.

Sobre o futuro, Bento afirmou que o momento é o de seguir em frente e fazer uma análise do que ocorreu. O trabalho que começará a fazer será voltado para a disputa da Eurocopa de 2016, na França.


O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, assegurou que Bento permanecerá no cargo. O contrato do treinador termina somente em 2016.

- A partir de hoje acabou para nós. Mas da mesma forma, iremos preparar da melhor maneira com essa equipe técnica para o futuro - garantiiu Gomes.