icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/03/2014
09:56

Em má fase na temporada, o Porto despediu nesta quarta-feira o técnico Paulo Fonseca. Ainda não houve anúncio em nenhum veículo do Dragão, mas o clube já informou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o que já torna a informação como oficial. A diretoria do clube ainda disse ao CMVM que Luís Castro, técnico da equipe B (que lidera a Segunda Divisão) vai comandar interinamente. Por acaso, o agora ex-treinador do Dragão faz aniversário justamente no dia em que caiu, e chegou a comandar o treino.

"Nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º, nº1 do Código dos Valores Mobiliários, a FUTEBOL CLUBE DO PORTO – FUTEBOL, SAD (Sociedade Anônima Desportiva) vem informar que, em reunião havida esta manhã acordou com o treinador da sua equipe principal de futebol, Senhor Paulo Fonseca, a interrupção das suas funções", diz o comunicado à CMVM.

Paulo Fonseca foi contratado pelo Porto após a saída de Vítor Pereira. Na temporada passada, levou o modesto Paços de Ferreira ao terceiro lugar do Campeonato Português, colocação que garantiu uma vaga na Liga dos Campeões.

Porém, com as perdas de João Moutinho e James Rodríguez, não conseguiu render o esperado. Caiu na Liga dos Campeões na fase de grupos, sendo eliminado por Atlético de Madrid e Zenit, e na Liga Europa, sofreu para passar pelo Eintracht Frankfurt. Pelo Campeonato Português, mais decepção. O Porto tropeçou diversas vezes, está a nova pontos do Benfica, e Fonseca acabou não resistindo ao empate contra o Vitória de Guimarães no último fim de semana.