icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2013
21:30

O tom da entrevista coletiva do técnico Zé Teodoro foi em desabafo. O comandante do Náutico pediu paciência à torcida depois da derrota para o Botafogo por 2 a 0, em São Januário. O resultado mantém o Timbu na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com apenas quatro pontos.

- Peguei um projeto que não era meu. Preciso de tempo. Não tenho varinha mágica. Não temos como conseguirmos uma regularidade agora. É normal esta adversidade que estamos passando. Não tem como piorar mais - esclareceu.

E MAIS

Náutico perde para o Botafogo em São Januário
Zagueiro do Náutico reclama da falta de posse de bola

Por outro lado, Teodoro também acredita que dias melhores chegarão ao clube pernambucano.

- Jogamos melhor. Mas quero mais. Precisamos conviver com as vitórias. Vamos organizar a equipe e crescer - completou.

O Náutico volta a campo no dia 28 de julho, na Arena Pernambuco, contra o Inter.

O tom da entrevista coletiva do técnico Zé Teodoro foi em desabafo. O comandante do Náutico pediu paciência à torcida depois da derrota para o Botafogo por 2 a 0, em São Januário. O resultado mantém o Timbu na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com apenas quatro pontos.

- Peguei um projeto que não era meu. Preciso de tempo. Não tenho varinha mágica. Não temos como conseguirmos uma regularidade agora. É normal esta adversidade que estamos passando. Não tem como piorar mais - esclareceu.

E MAIS

Náutico perde para o Botafogo em São Januário
Zagueiro do Náutico reclama da falta de posse de bola

Por outro lado, Teodoro também acredita que dias melhores chegarão ao clube pernambucano.

- Jogamos melhor. Mas quero mais. Precisamos conviver com as vitórias. Vamos organizar a equipe e crescer - completou.

O Náutico volta a campo no dia 28 de julho, na Arena Pernambuco, contra o Inter.