icons.title signature.placeholder VINÍCIUS PERAZZINI
23/06/2014
20:55

Mesmo com a classificação do México assegurada às oitavas de final da Copa, o técnico Miguel Herrera não foi apenas sorrisos durante coletiva após a vitória por 3 a 1 sobre a Croácia. O treinador afirmou que as arbitragens estão atrapalhando a vida do México e colocou a 'boca no trombone'.

- Hoje tivemos um pênalti não marcado, contra Camarões anularam dois gols legais. A arbitragem tem nos chateado, pois estamos no prejuízo. Não estão sendo iguais nos critérios para o México - disse.

Em uma reposta anterior, Miguel Herrera havia dito que a Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe) precisava ser tratada de maneira igual a Uefa e Conmebol. Depois, ele se explicou e falou que os erros de arbitragem não são algo contra a federação, mas sim contra o México.

- Eu não disse que não estão marcando as coisas para nós por sermos da Concacaf. Porém, é uma coisa que está havendo em nossos jogos. Não é com a confederação, é uma coisa com o México - destacou.

A questão da arbitragem foi lembrada até mesmo em uma frase para exaltar o time, que agora irá encarar a Holanda, no domingo, em Fortaleza.

- Mesmo com os problemas na arbitragem, nosso time não perde a concentração. Depois de não nos darem um pênalti, fizemos o gol. Queremos seguir dando nossos passos e chegar na final - destacou o treinador.