icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2013
14:46

Titular da lateral direita na Portuguesa, Luis Ricardo está na mira do Palmeiras, mas sua negociação acabou esfriando diante da dificuldade de acerto entre os clubes. Ainda assim, o técnico rubro-verde, Edson Pimenta, analisou a situação de seu camisa 2 após a goleada sofrida para o Santos, na Vila Belmiro, e considerou que a possibilidade de transferência está mexendo com o jogador.

- O atleta não é uma máquina, que liga e desliga. Ele é ser humano, vive de sentimentos, emoções. Esta problemática da negociação emperrada mexe com a cabeça do atleta. Ele vai a campo tentando dar o máximo, mas acaba não conseguindo o que almeja - afirmou.

Verdão e Lusa chegaram a ter uma troca "bem encaminhada", mas o negócio retrocedeu. Dois dos jogadores que estavam na mira da equipe do Canindé, Maurício Ramos - negociado com o Sharjah FC (EAU) - e Ayrton - que deseja ficar na Academia - não são mais opções. Restou, portanto, Maikon Leite. O atacante estava certo com o Umm-Salal (QAT), mas sua transferência não aconteceu. Ele poderia ser emprestado até o fim do ano à Portuguesa, em troca da chegada de Luis Ricardo.

O bom momento do jovem Luis Felipe, contudo, esfriou o interesse. Gilson Kleina, após a goleada para o ABC fez questão de elogiar o camisa 42, que estava emprestado ao Penapolense durante o Campeonato Paulista e tem sido o titular na lateral direita nestes dois jogos após a volta da Série B. No sábado, contra o Santos, o possível concorrente rubro-verde mostrou boa presença no ataque ao dar a assistência para Bruno Moraes, mas errou em dois dos quatro gols do Peixe. Ao defender seu atleta, Pimenta citou Neymar.

- Todo mundo estava falando que o Neymar estava pensando muito fora das quatro linhas, por causa do Barcelona. Se mexeu com o Neymar, não vai mexer com o Luis Ricardo? - indagou o comandante.

Titular da lateral direita na Portuguesa, Luis Ricardo está na mira do Palmeiras, mas sua negociação acabou esfriando diante da dificuldade de acerto entre os clubes. Ainda assim, o técnico rubro-verde, Edson Pimenta, analisou a situação de seu camisa 2 após a goleada sofrida para o Santos, na Vila Belmiro, e considerou que a possibilidade de transferência está mexendo com o jogador.

- O atleta não é uma máquina, que liga e desliga. Ele é ser humano, vive de sentimentos, emoções. Esta problemática da negociação emperrada mexe com a cabeça do atleta. Ele vai a campo tentando dar o máximo, mas acaba não conseguindo o que almeja - afirmou.

Verdão e Lusa chegaram a ter uma troca "bem encaminhada", mas o negócio retrocedeu. Dois dos jogadores que estavam na mira da equipe do Canindé, Maurício Ramos - negociado com o Sharjah FC (EAU) - e Ayrton - que deseja ficar na Academia - não são mais opções. Restou, portanto, Maikon Leite. O atacante estava certo com o Umm-Salal (QAT), mas sua transferência não aconteceu. Ele poderia ser emprestado até o fim do ano à Portuguesa, em troca da chegada de Luis Ricardo.

O bom momento do jovem Luis Felipe, contudo, esfriou o interesse. Gilson Kleina, após a goleada para o ABC fez questão de elogiar o camisa 42, que estava emprestado ao Penapolense durante o Campeonato Paulista e tem sido o titular na lateral direita nestes dois jogos após a volta da Série B. No sábado, contra o Santos, o possível concorrente rubro-verde mostrou boa presença no ataque ao dar a assistência para Bruno Moraes, mas errou em dois dos quatro gols do Peixe. Ao defender seu atleta, Pimenta citou Neymar.

- Todo mundo estava falando que o Neymar estava pensando muito fora das quatro linhas, por causa do Barcelona. Se mexeu com o Neymar, não vai mexer com o Luis Ricardo? - indagou o comandante.