icons.title signature.placeholder Michel Castellar
11/07/2014
20:12

 O técnico da Holanda, Louis van Gaal, revelou ter tido uma experiência desagradável com o treinador da Seleção, Luiz Felipe Scolari, em 1995, quando era o comandante do Ajax e, o brasileiro, do Grêmio. Na ocasião, os dois clubes disputaram a final do Mundial de Clubes da Fifa, em Tóquio, e a equipe europeia levou a melhor.

Na decisão de 1995, o Grêmio buscava o bicampeonato mundial mas o confronto terminou empatado sem gols e, na decisão por pênaltis, o Ajax venceu por 4 a 3. O paraguaio Arce e o meia Dinho desperdiçaram as cobranças para o time brasileiro, enquanto o atacante Patrick Kluivert, atual auxiliar técnico de Van Gaal, perdeu a oportunidade da equipe europeia.

Van Gaal recorreu à disputa da final do Mundial de Clubes após ser indagado sobre o que sabia sobre a carreira de Felipão. Em tom irônico, o holandês respondeu que não lembrava nem da sua carreira, quanto mais da trajetória de outro treinador.

- O encontrei naquela partida e, felizmente, ganhamos. O Grêmio jogou muito melhor do que nós poderíamos ter jogado naquele momento. Então, essa experiência não foi muito boa para mim. Sempre tento ganhar com um futebol bonito e aquela partida foi decidida por pênaltis - recordou o técnico Holanda sobre a única vez em que enfrentou Felipão.

Van Gaal afirmou que a partida terminou sem gols, por mérito de Felipão. Ressaltou que o técnico brasileiro conseguiu armar uma equipe que anulou o Ajax.

Mas o técnico da Holanda disse não estar preocupado em estudar Scolari para a decisão de sábado, contra o Brasil, às 17 horas, no Estádio Nacional de Brasília - Mané Garrincha. Ele considerou que terá totalizado dois dias e meio de análise da equipe brasileira e que esta é a sua prioridade.