icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
10:09

Após Glover ter afirmado no octógono, depois da luta contra Jon Jones, que suspeitava de uma lesão no ombro direito, agora foi a vez do treinador do brasileiro, John Hackleman, confirmar a versão do atleta. Segundo Hackleman, Glover "machucou feio" o ombro logo no primeiro round e, mesmo ressaltando que não quer desculpas, comentou que a lesão influenciou no desempenho do desafiante.

- Nunca vi Glover perder uma luta assim. Nunca o vi sangrando nem tão machucado. Glover machucou feio seu ombro direito no primeiro round. Logo no primeiro round! Não é uma desculpa, porque foi Jon Jones que machucou o ombro dele. Ele machucou no clinch, estalando o ombro dele. Então, Glover não conseguiu usar bem sua mão direita. Eu falava para ele socar mais forte, mas ele respondeu: "Pode colocar um pouco de gelo?" - comentou o treinador, em entrevista ao site americano "MMA Fighting".

Hacleman também comentou que Glover não chegou a apontar a lesão durante o combate contra Jones, mas na opinião do técnico, a contusão era evidente. O treinador revelou ainda que o brasileiro vai realizar uma ressonância magnética no ombro direito nesta quarta-feira.

- Às vezes ele (Glover) sente problemas no ombro, mas é so por treinar demais. (Na luta) ele não comentou que poderia ter rompido um ligamento ou tendão, mas era evidente. Estava inchado. Dava pra dizer que tinha acontecido algo sério. Ele vai fazer uma ressonância magnética na quarta-feira - completou Hackleman.

Jon Jones e Glover Teixeira se enfrentaram no último sábado, pela luta principal do UFC 172. Após cinco rounds, o americano saiu vencedor na decisão unânime dos juízes e defendeu o cinturão meio-pesado pela sétima vez consecutiva.