icons.title signature.placeholder Leo Burlá
19/06/2014
20:11

O técnico Didier Deschamps adotou um discurso de tom respeitoso antes do duelo entre França e Suíça, nesta sexta, 16h, na Fonte Nova.

O capitão na Copa de 1998 exaltou as qualidades do rival, mas deixou escapar a receita necessária para qua a França saia de Salvador com uma vitória que deixaria os Bleus em uma situação muito confortável no Grupo E.

- Vamos ter que deixá-los cansados, vamos ter de exaurí-los. Temos qualidades, mas eles também têm. O que posso assegurar é que termos uma disputa espetacular do ponto de vista coletivo e mental - disse Deschamps.

O treinador ressaltou que o jogo desta sexta vai colocar sua equipe em uma situação de dificuldade, algo que não foi visto na estréia diante de Honduras.

- Não é à toa qua são cabeças de chave do nosso grupo. Não vou dizer que eles são favoritos, mas serão certamente um adversário de altíssima qualidade - finalizou.