icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/07/2013
17:49

O empate contra a Portuguesa, sábado, no Canindé, não agradou ao técnico Marcelo Oliveira. O resultado, segundo o comandante, poderia ser melhor, tal como o desempenho de seus jogadores.

Ao término do confronto, ele fez a análise da partida e questionou os erros de finalizações dos atletas.

– É um time que marca os contra-ataques, mas nós erramos muito tecnicamente, jogadas claras. Quando acertamos as jogadas, chegamos para fazer os gols, principalmente no segundo tempo. O Mayke e o Egídio chegaram muitas vezes à linha de fundo. Nós perdemos pelo menos umas três oportunidades claríssimas de definir o jogo. Queríamos uma atuação melhor – avaliou o treinador, que acrescentou:

– Queríamos jogadas mais bem elaboradas tecnicamente. Os lampejos que tivemos foram muito bons. Demos poucas chances à Portuguesa, mais nos contra-ataques.

Marcelo Oliveira lamenta erros contra a Portuguesa

E MAIS:
> Luan recebe o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Náutico, domingo
> Na estreia oficial pelo Cruzeiro, Souza dá assistência para Bruno Rodrigo

A forte marcação do meio de campo da Lusa também foi assunto da entrevista de Marcelo Oliveira. De acordo com ele, este foi um dos pontos que atrapalhou o setor de criação da Raposa no confronto.

– A Portuguesa joga com cinco jogadores no meio de campo, atletas que recompõem rapidamente e fecham o setor. Não é à toa que este foi o quarto empate da equipe no Campeonato Brasileiro. É um time que marca muito para depois tentar jogar. Esse foi um fator que dificultou – disse o comandante, que voltou a lamentar as falhas dos atletas na hora das assistências:

– Além da forte marcação da Portuguesa no meio de campo, tivemos muitos erros de passes. Faltou o melhor capricho técnico, coisas que fizemos durante os outros jogos do Campeonato Brasileiro.

Com gol de ex-santista, Cruzeiro arranca empate diante da Lusa

O empate contra a Portuguesa, sábado, no Canindé, não agradou ao técnico Marcelo Oliveira. O resultado, segundo o comandante, poderia ser melhor, tal como o desempenho de seus jogadores.

Ao término do confronto, ele fez a análise da partida e questionou os erros de finalizações dos atletas.

– É um time que marca os contra-ataques, mas nós erramos muito tecnicamente, jogadas claras. Quando acertamos as jogadas, chegamos para fazer os gols, principalmente no segundo tempo. O Mayke e o Egídio chegaram muitas vezes à linha de fundo. Nós perdemos pelo menos umas três oportunidades claríssimas de definir o jogo. Queríamos uma atuação melhor – avaliou o treinador, que acrescentou:

– Queríamos jogadas mais bem elaboradas tecnicamente. Os lampejos que tivemos foram muito bons. Demos poucas chances à Portuguesa, mais nos contra-ataques.

Marcelo Oliveira lamenta erros contra a Portuguesa

E MAIS:
> Luan recebe o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Náutico, domingo
> Na estreia oficial pelo Cruzeiro, Souza dá assistência para Bruno Rodrigo

A forte marcação do meio de campo da Lusa também foi assunto da entrevista de Marcelo Oliveira. De acordo com ele, este foi um dos pontos que atrapalhou o setor de criação da Raposa no confronto.

– A Portuguesa joga com cinco jogadores no meio de campo, atletas que recompõem rapidamente e fecham o setor. Não é à toa que este foi o quarto empate da equipe no Campeonato Brasileiro. É um time que marca muito para depois tentar jogar. Esse foi um fator que dificultou – disse o comandante, que voltou a lamentar as falhas dos atletas na hora das assistências:

– Além da forte marcação da Portuguesa no meio de campo, tivemos muitos erros de passes. Faltou o melhor capricho técnico, coisas que fizemos durante os outros jogos do Campeonato Brasileiro.

Com gol de ex-santista, Cruzeiro arranca empate diante da Lusa