icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/04/2014
11:22

O Cruzeiro utilizará força máxima diante do São Paulo, neste domingo, às 16h, no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Às vésperas da partida, o técnico Marcelo Oliveira confirmou a intenção de escalar os principais nomes do elenco no compromisso, apesar do jogo contra o Cerro Porteño (PAR), pela Libertadores na quarta-feira seguinte.

– O jogo com o São Paulo é um jogo fundamental para o Campeonato Brasileiro. Em um campeonato de pontos corridos é importantíssimo você, desde a primeira rodada, estar jogando com toda a intensidade e buscando pontuar porque esses pontos, lá no final do campeonato, vão fazer muita diferença – disse, ao site do Cruzeiro.

Embora deseje colocar os melhores atletas em campo, o treinador tem alguns problemas. Willian, com uma entorse no tornozelo, e Dagoberto, que lesionou a coxa direita, podem se ausentar do embate. Ele, portanto, ainda não sabe qual será a escalação.

– Nós analisamos bem a situação dos atletas, que descansaram por um bom tempo. Então, a gente vai com força máxima, a não ser que tenha um ou outro jogador que esteja mais desgastado, com propensão a algum tipo de lesão e na quarta-feira da mesma forma. Não tem como fugir disso, sempre jogar jogos decisivos com toda a intensidade, com todo o comprometimento que o Cruzeiro tem tido sempre – concluiu.

A expectativa é que o Cruzeiro entre em campo com uma equipe muito parecida com aquela que enfrentou o Cerro Porteño (PAR) na semana anterior, pelas oitavas da Copa Libertadores: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Dedé e Samudio; Lucas Silva, Henrique, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Marlone e Júlio Baptista.