icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/06/2014
18:00

Niko Kovac, técnico da Croácia, já está de olho no Brasil, adversário na abertura da Copa do Mundo, na próxima quinta-feira, na Arena Corinthians, em São Paulo. Pela televisão, o treinador assistiu à vitória da Seleção Brasileira por 1 a 0, contra a Sérvia, na última sexta-feira, no Morumbi, e sentiu o time comandado por Luiz Felipe Scolari pressionado diante da responsabilidade de jogar em casa.

- Nós assistimos à partida contra a Sérvia e vi que o Brasil estava sob enorme pressão. Tenho tudo preparado para o jogo (contra o Brasil). Não vamos dar moleza também - disse Niko Kovac, à imprensa croata.

O treinador croata também criticou a postura da seleção da Austrália, rival no amistoso da última sexta-feira, no Estádio do Pituaçu, em Salvador. Apesar da vitória por 1 a 0, o saldo da partida foi negativo para o time. O lateral-esquerdo Danijel Pranjic sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo. O jogador não será cortado, mas não deverá ter condições de jogo para a estreia na Copa.

- Estou com raiva porque apertamos as mãos antes do jogo contra os australianos e combinamos que haveria um jogo amigável. Mas eles não cumpriram e jogaram muito duro. Pediram para termos cuidado, nós concordamos para evitarmos lesões, mas eles reagiram dessa forma - completou o treinador, lamentando a postura dos australianos, que também vão disputar o Mundial.

A seleção da Croácia chegou ao Brasil na última terça-feira e tem se preparado em Mata de São João, município no litoral norte da Bahia, a cerca de 50 km de Salvador. Após a estreia diante dos donos da casa, os croatas enfrentam Camarões, dia 18, em Manaus, e encerram a primeira fase contra o México, dia 23, no Recife.