icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/12/2013
14:18

Concluída a missão de manter o Bahia na Série A do Brasileirão, o técnico Cristóvão Borges e o gestor de futebol Anderson Barros deixaram o clube. O anúncio foi feito pelo Tricolor baiano nesta segunda-feira.

Segundo nota do departamento de comunicação, a decisão foi tomada em comum acordo entre as partes. Cristóvão chegou ao Bahia nove dias antes do Brasileirão e sobreviveu no cargo até o fim. O último a conseguir essa façanha foi Evaristo de Macedo, em 2001.

Em 42 jogos sob o comando de Cristóvão, contando também com quatro partidas pela Copa Sul-Americana, o Bahia somou 14 triunfos, 13 empates e 15 derrotas.