icons.title signature.placeholder Russel Dias
10/06/2014
13:43

A seleção da Costa Rica está utilizando o estádio do Santos para se preparar para a Copa do Mundo, mas o técnico Jorge Luis Pinto está usando isso de uma maneira motivacional. Na opinião do treinador a Vila Belmiro será mais que um local de treinos, e a história do clube será passado aos jogadores.

- A motivação que sentimos foi muito grande, este estádio motivou a todos, gostaria que todos visitássemos o museu que tem aqui. Nós nos sentimos em casa. Será um agradecimento eterno ao Santos, aos jogadores, a homens como Clodoaldo que nos acompanham aqui.

- Treinar onde joga Santos por 100 anos é um  sentimento grandíssimo, e eles (jogadores) sentiram isso. Não é um centro de treinamento, mas um campo de jogo - afirmou o técnico.

Outro trunfo que o comandante dos Ticos teve a disposição foi o ídolo do Peixe Clodoaldo, que serivu à Seleção Brasileira na Copa de 70. O ex-volante esteve presente no primeiro treino e conversou com os atletas.

- O Clodaldo eu apresentei aos atletas porque muitos talvez não o conhecessem. Sempre fui admirador do futebol dele. Era um homem de recuperação, jogava com Pelé, Rivelino, Tostão e Gerson. Já tinham ouvido muito seus pais falarem de Clodoaldo.

Jorge morou em São Paulo em 1977, estudou na Universidade de São Paulo (USP) e conheceu o futebol brasileiro de perto, fato que despertou sua vontade de jogar em solo da Seleção.

- Há 28 anos eu vi Santos x Palmeiras, Santos x Corinthians, vinha muito a Santos. Tenho grande carinho - finalizou.

A Cosra Rica treina até o dia 12 de junho na Vila Belmiro, quando viaja para Fortaleza para enfrentar o Uruguai, no dia 14, às 16 horas, no Castelão.