icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/04/2014
16:23

Após a vitória de Fabricio Werdum contra Travis Browne, muitos fãs, lutadores e inclusive treinadores ao redor do mundo ficaram impressionados com a performance do brasileiro durante os cinco round's da luta principal do UFC de Orlando, no último sábado. Interressado especial em analisar o trabalho do gaúcho, Javier Mendez, treinador de Cain Velásquez, falou sobre suas impressões diante do desempenho do 'Vai Cavalo', que disputa o cinturão de seu pupilo em confronto ainda sem data para acontecer. 

Em entrevista ao programa "The MMA Hour", Javier analisou a última performance de Fabricio Werdum e avaliou alguns pontos do jogo do brasileiro. Segundo ele, nenhuma qualidade do desafiante deve ser subestimada.

- Acho que Werdum fez um trabalho incrível contra Browne. Ele me impressionou. Não podemos subestimá-lo. Ele melhorou muito na trocação. Acho que ele é um bom casamento para o Cain, mas não podemos subestimar nada que ele tem. Vamos respeitar o jogo dele em pé mais depois dessa luta. Ele teve um ótimo plano de luta contra Browne - elogiou Mendez. 

Ao ser perguntado sobre uma possível dificuldade de Velásquez caso o duelo contra Werdum vá para o chão, onde o brasileiro é especialista em jiu-jitsu, o treinador se mostrou tranquilo.

- Acho que muitas pessoas subestimam o jiu-jitsu do Cain. Ele é um legítimo faixa preta de Leandro Vieira. Ele treina com caras duros todos os dia na academia. Não temo Cain no chão com nenhum outro lutador no mundo. Ele tem um bom jogo de chão e é bom em tudo - afirmou, confiante.

Velásquez defende cinturão contra Werdum em data ainda não definida (FOTO: Reprodução)

Javier Mendez ainda analisou a situação de Velásquez, que se recupera de uma lesão no ombro e ainda não tem data confirmada para voltar a lutar. O técnico não confirmou que o americano está pronto no período previsto para a luta contra Werdum acontecer, entre novembro e dezembro.

- Realmente não sei. Posso dizer que ele está muito motivado desde o primeiro dia para voltar e provar a todos que é o campeão. Estou animado para que ele enfrente Fabricio. Mas não sei se ele estará pronto até novembro ou dezembro. E essa é uma coisa que não estou precoupado. Com Cigano ele voltou antes da hora e depois que isso aconteceu e disse que jamais faria de novo. Acredito muito no que ele disse. Se ele disser que estará pronto em novembro, ele estará 100% - concluiu o treinador.