icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/06/2014
14:58

Estrear numa Copa do Mundo nunca é fácil. O histórico estádio do Maracanã também assusta, ainda mais contra Messi, Aguero e cia. Mesmo diante dessas dificuldades, o técnico da Bósnia, Safet Susic, mantém a confiança que seus jogadores podem conseguir uma das vagas do grupo F.

Na última entrevista coletiva dos bósnios no Guarujá, antes da viagem para o Rio de Janeiro, o treinador reforçou o discurso de confiança mostrado pelos jogadores desde quando chegaram ao Brasil.

- Estamos jogando contra a Argentina, uma seleção que é a favorita no nosso grupo. É uma grande coisa, como é demais estar na Copa também. Mas isso não vai nos satisfazer, porque queremos passar da primeira fase – disse o Safet.

E MAIS:
> Com Croácia já 'bem cotada', Felipão tira a sexta-feira para ver futuros rivais
> ‘Pai’ do estádio da abertura da Copa, Andrés se diz decepcionado com críticas

L!TV:
> Do gramado: as impressões do jogo de abertura da Copa
> Criança ganha apoio de jogadores do Brasil para tratar doença
> Emocionados, torcedores cantam o Hino em Recife

Para o jogo deste domingo, o técnico tem apenas uma dúvida. O treinador muito provavelmente não poderá contar com o meia Salihovic, que deixou o treino da última quinta-feira com dores na panturrilha direita e não está confirmado entre os titulares.

– Já sei praticamente todo o time que vai jogar, só não sabemos se o Salihovic estará apto. Eu acho que vocês também já sabem quem vai jogar, porque não teremos grandes surpresas. Apenas se o Salihovic não jogar, aí vamos procurar um substituto para ele. Ele sente muita dor, mesmo sem lesão – completou.

Sendo assim, os titulares da Bósnia na estreia devem ser: Begovic, Lulic, Spahic, Bicakcic (Salihovic) e Kolasinac; Besic, Pjanic, Hajrovic, Misimovic e Mujdza; Dzeko.

A seleção da Bósnia viaja para o Rio de janeiro às 16 horas desta sexta-feira. Já no sábado, os jogadores fazem o reconhecimento do gramado do Maracanã aonde estreiam no domingo às 19 horas.