icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
15:21

Pelo menos na esfera esportiva, o técnico Jorge Jesus já sabe qual é a sua punição por causa dos incidentes na partida do Benfica contra o Vitória de Guimarães. O treinador do Encarnado está suspenso pelo período de 30 dias, e vai ficar ausente do banco de reservas das partidas contra Braga, Rio Ave, Arouca, Olhanense e Vitória de Setúbal.

Como a punição é apenas nacional, ele vai poder trabalhar normalmente nas partidas contra o Anderlecht e contra o Paris Saint-Germain, ambas pela Liga dos Campeões. Este cenário confirma que a Comissão Disciplinar entende que houve "gestos grosseiros e injúrias, e não de agressão".

Na partida contra o Vitória de Guimarães, pela quinta rodada do Campeonato Português, Jesus envolveu-se em uma confusão com agentes da polícia, e acabou agredindo um deles. Segundo o técnico do Benfica, estava apenas defender a torcida, que tentava pegar a camisa de um jogador.

Porém, o processo civil ainda corre. Jorge Jesus fez o depoimento no Departamente de Investigação e Ação Penal (DIAP), e pode pegar até cinco anos. Ele saiu tranquilo.