icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/03/2014
15:39

O técnico do Barcelona, Gerardo Martino, já sabe o que precisa fazer para vencer o Atlético de Madrid nesta terça-feira. Os rivais espanhóis enfrentam-se pela ida das quartas de final da Liga dos Campeões no Camp Nou, e o argentino até agora comandou o time em três empates contra o Colhconero. Para enfim vencer, quer que os jogadores tenham o mesmo empenho que os adversários.

- Temos que igualar a intensidade do Atlético de Madrid. A nossa arma para ganhar o jogo é ser Barcelona, mas precisamos aguentar a intensidade - disse Tata, que falou ainda sobre a postura de Simeone, que não se coloca como favorito, e diz que não pensa em título, mas jogo a jogo:

- Eu também sou treinador e reconheço os discursos que faz fora do vestiário, mas imagino que lá dentro seja diferente. Não tenho dúvidas de que dentro do vestiário, e pela forma como joga, fala algo diferente.

O brasileiro Neymar também foi assunto na coletiva. O treinador foi questionado sobre as vezes em que escala o camisa 11 fora de sua posição normal, caindo pela esquerda.

- Sabemos que se sacrifica quando joga pela direita. Quando um treinador tem uma ideia na cabeça, o que deve fazer é colocar os jogadores aonde pode - concluiu.