icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
12/06/2014
11:19

A seleção argentina fez seu quarto treinamento em solo brasileiro na manhã desta quinta-feira. A imprensa teve acesso a 15 minutos do trabalho comandado por Alejandro Sabella, que iniciou com o tradicional bobinho dos jogadores e, na sequência, dividiu o grupo em titulares e reservas.

Enquanto se dirigiam para a parte externa da Cidade do Galo, jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos aproveitaram a caminhada para tentar registrar algo. O que deu para ver foi que Lavezzi, mais uma vez, foi escolhido para atuar na equipe principal, que teve a seguinte formação: Romero; Zabaleta, Fernandez, Garay e Rojo; Gago, Mascherano, Di Maria; Messi; Lavezzi e Aguero.

Na equipe reserva chama atenção a presença de Higuaín, que segue sendo preservado devido à uma lesão no tornozelo esquerdo, que o tirou de alguns treinos quando a delegação argentina ainda treinava em seu país. O time suplente teve a seguinte formação: Andujar; Campagnaro, Demichelis, Basanta e Sanchez; Augusto, Biglia, Enzo Perez, Maxi Rodriguez; Ricky e Higuain.

Na segunda parte do trabalho, porém, Sabella fez a mudança que todos aguardam no ataque: tirou Lavezzi e devolveu à titularidade a Higuaín, que foi o dono da posição durante as eliminatórias. Treinamentos fechados deverão ser uma marca da equipe de Alejandro Sabella em sua passagem pelo Brasil.

*Atualizado às 11h29