icons.title signature.placeholder Igor Siqueira e Thiago Correia
03/07/2014
16:45

Apesar de estar remando contra a maré da opinião da imprensa alemã nesta Copa do Mundo, Joachim Löw não se mostrou um técnico irredutível em relação à discussão sobre o posicionamento do capitão da seleção, Phillip Lahm.

O jogador é lateral de origem, mas tem sido usado como meio-campo, assim como no Bayern de Munique. Só que, diante das dificuldades no apoio pelo lado direito e a mostra dada por Lahm contra a Argélia, nas oitavas de final, quando ocupou o setor na parte final da partida e proporcionou melhora de produção da equipe, Löw admitiu que, contra a França, o capitão pode voltar a posição original.

- Claro que há uma discussão sobre onde Lahm vai jogar. Essa discussão é antiga. Estamos próximos aos jogadores e algumas decisões são tomadas e decisões nunca são para sempre. Claro que vamos ver as soluções para a partida. Contra a Argélia, tivemos a possibilidade de tê-lo na direita. Amanhã vocês vão reconhecer rapidamente onde ele vai jogar - afirmou o treinador, em coletiva no Maracanã nesta quinta-feira, após o treino da equipe.

LEIA MAIS
> França x Alemanha, que não gera medo nos Bleus, tem duelo de paredões
> Deschamps afirma que vaga na Copa mudou o rumo da França


Companheiro de Lahm no meio, Toni Kroos preferiu ficar em cima do muro ao ser indagado sobre a polêmica.

- Essa não é uma pergunta para mim. Não posso responder essa pergunta. Acho que temos um meio muito bom. Os jogadores vem controlando o jogo no meio-campo e a posição dele é uma decisão do técnico. Posso jogar no meio com o Lahm com tranquilidade - afirmou Kross.

O assunto Lahm também esteve presente pouco antes, na coletiva do técnico da França, Didier Deschamps. Na visão dele, Lahm é melhor na lateral.

- Ele pode jogar de um lado ou do outro. Se não estiver meio de campo, haverá um jogador ali. Ele vem sendo usado no meio campo, apesar de a imprensa alemã defender o contrário. É verdade que ele vem sendo usado no meio, mas talvez o meio não seja o perfil dele - afirmou.

Com Lahm na lateral ou no meio, França e Alemanha se enfrentam no Maracanã nesta sexta-feira, às 13h, pelas quartas de final da Copa do Mundo.