icons.title signature.placeholder Igor Siqueira e Thiago Correia
03/07/2014
18:33

Na partida contra a Argélia, talvez quem mais tenha chamado a atenção foi o goleiro Neuer. Na vitória da Alemanha nas oitavas de final, o jogador saiu diversas vezes do gol, jogando praticamente como um líbero. O técnico Joachim Löw elogiou as qualidades do seu comandado e lembrou que é muito importante que ele tenha esse tipo de característica.

- Se uma equipe joga na frente, como fizemos contra EUA ou Argélia, quando a defesa se movimenta para a frente, significa que precisa ficar no campo do adversário, e é óbvio que o goleiro precisa se deslocar, e essa é uma vantagem de Neuer, ele pode ficar atrás dos zagueiros, e ele lê bem os lançamentos. Quando há ataque rápido, corre o risco de alguém receber um lançamento longo, e é bom ter um goleiro para eliminar esse risco, é preciso ter um verdadeiro jogador de futebol. - disse Löw, em entrevista coletiva, que foi ainda mais além:

- Ele poderia ser um meio-campo, eles têm as qualificações para isso. Tem um bom instinto em relação às distâncias. E se atacarmos, ele pode avançar um pouco.

Integrante do meio-campo de fato da seleção alemã, Kroos, que também participou da conferência de imprensa, foi questionado se Neuer poderia ser um "rival" do setor. O companheiro também de Bayern de Munique rasgou elogios ao goleiro.

- Nós sabemos que Neuer é um jogador extraordinário, ninguém no mundo é melhor que ele. Para a nossa filosofia, ele é vital, ele joga com a seleção e há situações em que ele pode tirar com o pé, ele é o décimo-primeiro jogador em campo. É um privilégio, ele nos dá segurança. É importante, está sempre presente quando precisamos. Tentamos evitar que a bola chegue nele, mas quando chega, podemos contar com ele.