icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
04/02/2015
15:46

A Marussia voltar às pistas e disputar a temporada 2015 da Fórmula 1. Segundo a imprensa europeia, a equipe, que está sob administração judicial, já teria pago a taxa de inscrição para participar do campeonato que tem inicio com o GP da Austrália, no dia 15 de março. O processo de administração judicial é válido até o próximo dia 19 de fevereiro, depois disso o controle da empresa será entregue aos credores.

- Desde a nomeação dos administradores judiciais, realizam-se negociações com inúmeros interessados para tentar garantir uma solução a longo prazo para a equipe. Podemos confirmar que as negociações prosseguem no sentido de viabilizar a participação da equipe na temporada 2015. Estima-se que, antes do início da primeira corrida, os investimentos necessários serão realizados, após a empresa deixar a condição da administração legal no dia 19 de fevereiro - afirma um comunicado emitido pelo atual comando da escuderia.

O retorno da equipe, entretanto, não depende apenas da questão financeira. Sem um carro novo, já que o projeto para 2015 foi abortado por conta da falta de dinheiro, a Marussia dependeria de uma exceção da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para correr com o carro de 2014.

A escuderia entrou em administração judicial em outubro passado, quando a montadora russa de mesmo nome, antiga proprietária, desistiu de investir na Fórmula 1. Como consequência, a escuderia se ausentou das três últimas provas do ano passado (Estados Unidos, Brasil e Abu Dhabi). E, por fim, terminou a temporada com a nona colocação no Mundial de Construtores.