icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
16/02/2015
13:40

A bela vitória de Miesha Tate na decisão diante de Sarah Mcmann, pelo UFC 183, que aconteceu em Las Vegas (EUA),  abriu caminho para que a americana realize um desejo recente. Ela quer pisar no octógono com a brasileira Bethe Correia, que tem chamado a atenção da categoria peso galo feminino depois que emplacou três vitórias consecutivas e desafiou a atual campeã da divisão Ronda Rousey.

Ao ser perguntada se a vitória contra McMann a faz pensar no duelo com a brasileira, Tate deixou claro que o confronto pode até valer uma posição de desafiante número um da categoria, além de não se importar caso o UFC escolha que o duelo ocorra no Brasil.

- Absolutamente (quero enfrentar Bethe Correia). Acho que seria uma ótima luta para definir a desafiante número um. Acho que ele está em seu momento, chegando em seu auge, está batendo muitas garotas e está invicta. Ela quer a chance pelo título. Acho que se ela conseguir passar por mim, merece isso. Mas acho que posso interromper o bom momento dela. Se pode ser no Brasil? Sim, claro. Por que não? Eu amo o Brasil - declarou a ex-campeã do Strikeforce.