icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
22:21

Estava tudo encaminhado para o Atlético-MG vencer mais um adversário no Horto em uma possível despedida de Bernard. O garoto que inaugurou o marcador diante do Atlético-PR foi expulso e chegou a sair de campo ovacionado pela torcida, mas o time mineiro foi castigado nos minutos finais de jogo e levou a virada diante de sua torcida.

Um dos responsáveis por armar o time no meio campo, Diego Tardelli não conseguiu obter o mesmo sucesso do companheiro Ronaldinho Gaúcho, poupado por conta de uma gripe. Ao fim da partida, Tardelli comentou sobre a má atuação coletiva da equipe de Cuca.

- Hoje a equipe não jogou bem, voltando de mudança de campeonato, nada deu certo, erramos passes e finalizações, criamos poucas. Perdemos a invencibilidade, estávamos acostumados a vencer. Infelizmente não deu, jogamos mal e 'bora' para o próximo - falou Tardelli.

MAIS:
> Galo sai derrotado no Horto para o xará paranaense
> Chorando, Bernard fala sobre momento chave na carreira

Exatamente uma semana depois de conquistar a América, os jogadores do Atlético-MG se preparam agora para a comemoração da Libertadores junto da torcida, nesta noite de quinta-feira. Por ironia, a derrota em casa vem no momento mais impróprio para o clube, que comemora o maior feito em toda a sua história.

- Estamos tristes pela derrota, tabu quebrado, tínhamos uma sequência de 50 e tantas (56) vitórias dentro de casa. Uma hora ia acontecer. Mas é um momento ruim, porque iramos fechar com chave de ouro o Bernard, com festa amanhã. Mas temos que somar pontos e voltar lá para cima - concluiu Tardelli, um dos mais empolgados do atual elenco para as celebrações do título continental inédito.

Em possível despedida de Bernard, Atlético-PR faz 2 a 1 no Galo

Estava tudo encaminhado para o Atlético-MG vencer mais um adversário no Horto em uma possível despedida de Bernard. O garoto que inaugurou o marcador diante do Atlético-PR foi expulso e chegou a sair de campo ovacionado pela torcida, mas o time mineiro foi castigado nos minutos finais de jogo e levou a virada diante de sua torcida.

Um dos responsáveis por armar o time no meio campo, Diego Tardelli não conseguiu obter o mesmo sucesso do companheiro Ronaldinho Gaúcho, poupado por conta de uma gripe. Ao fim da partida, Tardelli comentou sobre a má atuação coletiva da equipe de Cuca.

- Hoje a equipe não jogou bem, voltando de mudança de campeonato, nada deu certo, erramos passes e finalizações, criamos poucas. Perdemos a invencibilidade, estávamos acostumados a vencer. Infelizmente não deu, jogamos mal e 'bora' para o próximo - falou Tardelli.

MAIS:
> Galo sai derrotado no Horto para o xará paranaense
> Chorando, Bernard fala sobre momento chave na carreira

Exatamente uma semana depois de conquistar a América, os jogadores do Atlético-MG se preparam agora para a comemoração da Libertadores junto da torcida, nesta noite de quinta-feira. Por ironia, a derrota em casa vem no momento mais impróprio para o clube, que comemora o maior feito em toda a sua história.

- Estamos tristes pela derrota, tabu quebrado, tínhamos uma sequência de 50 e tantas (56) vitórias dentro de casa. Uma hora ia acontecer. Mas é um momento ruim, porque iramos fechar com chave de ouro o Bernard, com festa amanhã. Mas temos que somar pontos e voltar lá para cima - concluiu Tardelli, um dos mais empolgados do atual elenco para as celebrações do título continental inédito.

Em possível despedida de Bernard, Atlético-PR faz 2 a 1 no Galo