icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
16:17

Assim como o atacante Jô, Diego Tardelli também parece não estar incomodado em ter que se despedir do Independência para jogar a grande final da Libertadores no Mineirão. O camisa 9 atleticano já tem um passado de destaque pelo Gigante da Pampulha, onde marcou belos gols durante as temporadas de 2009 a 2011 pelo Atlético.

- Eu sempre gostei do Mineirão. O Independência é nossa casa, onde temos bom rendimento, mas quando fiquei sabendo que a final seria no Mineirão, foi muito bom. O Mineirão é meu palco, foi onde tudo de bom aconteceu para mim - comentou o atacante, certamente resgatando as lembranças de sua primeira passagem pelo Galo, em 2009.

MAIS:
> Cuca comanda treino fechado no Mineirão
> Michel revela ansiedade para jogar a final

Carismático, ídolo da Massa e personagem sempre presente nas redes sociais, Tardelli conta que continua recebendo as mensagens de apoio dos torcedores e que, assim como todo o grupo, ainda acredita no título continental na próxima quarta-feira.

- Estou muito confiante. Não só eu, como nosso torcedor. Esse é o espírito de todo mundo, acreditando, por isso qualquer incentivo é fundamental. Meu carro estava cheio de papel, mensagens de incentivo. Isso não tem preço. Isso eu quero retribuir em campo - concluiu.

Ao lado de Jô e Scocco, Tardelli é o artilheiro da Libertadores 2013, tendo já baçançado as redes por seis vezes. Os gols e passes do atacante são essenciais para que o Galo faça um bom jogo e consiga reverter o resultado nesta próxima quarta-feira, diante do Olimpia.

Assim como o atacante Jô, Diego Tardelli também parece não estar incomodado em ter que se despedir do Independência para jogar a grande final da Libertadores no Mineirão. O camisa 9 atleticano já tem um passado de destaque pelo Gigante da Pampulha, onde marcou belos gols durante as temporadas de 2009 a 2011 pelo Atlético.

- Eu sempre gostei do Mineirão. O Independência é nossa casa, onde temos bom rendimento, mas quando fiquei sabendo que a final seria no Mineirão, foi muito bom. O Mineirão é meu palco, foi onde tudo de bom aconteceu para mim - comentou o atacante, certamente resgatando as lembranças de sua primeira passagem pelo Galo, em 2009.

MAIS:
> Cuca comanda treino fechado no Mineirão
> Michel revela ansiedade para jogar a final

Carismático, ídolo da Massa e personagem sempre presente nas redes sociais, Tardelli conta que continua recebendo as mensagens de apoio dos torcedores e que, assim como todo o grupo, ainda acredita no título continental na próxima quarta-feira.

- Estou muito confiante. Não só eu, como nosso torcedor. Esse é o espírito de todo mundo, acreditando, por isso qualquer incentivo é fundamental. Meu carro estava cheio de papel, mensagens de incentivo. Isso não tem preço. Isso eu quero retribuir em campo - concluiu.

Ao lado de Jô e Scocco, Tardelli é o artilheiro da Libertadores 2013, tendo já baçançado as redes por seis vezes. Os gols e passes do atacante são essenciais para que o Galo faça um bom jogo e consiga reverter o resultado nesta próxima quarta-feira, diante do Olimpia.