icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
12/11/2014
19:54

A escolha de Diego Alves como titular do gol do Brasil para o amistoso contra a Turquia surpreendeu. Isso porque Rafael Cabral, do Napoli e presente em outras convocações do técnico Dunga, era o cotado para ser titular. Após o duelo desta quarta-feira, o treinador de goleiros da Seleção, Taffarel, declarou que a escolha pelo jogador do Valencia foi do comandante brasileiro.

- Dunga fez a escolha pelo Diego Alves. O importante é que os jogadores da posição (Rafael Cabral e Neto) respeitaram a decisão dele - declarou em entrevista à "Rádio Gaúcha".

Desde o retorno de Dunga ao comando da Seleção, o Brasil segue com 100% de aproveitamento, com cinco vitórias em cinco jogos. Na avaliação de Taffarel, o comprometimento dos jogadores tem sido importante para um início de ciclo tão positivo.

- A nossa proposta de trabalho é que o Brasil jogue sério, com determinação, marcação e vontade. Não adianta apenas atacar. É preciso saber defender bem, não dar chances ao adversário. E estamos fazendo isso muito bem - declarou.