icons.title signature.placeholder Bruno Andrade e Marcio Porto
19/06/2014
20:29

A sofrida vitória do Uruguai por 2 a 1 em cima da Inglaterra, nesta quinta-feira, na Arena Corinthians, em São Paulo, foi mais uma prova da famosa e histórica raça uruguaia. O gol salvador de Luis Suárez aos 39 minutos do segundo tempo recolocou a Celeste na briga por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo.

Apesar de elogiar o desempenho e a entrega física dos jogadores, técnico Oscar Tabárez não quer a seleção tachada apenas pela garra.

- Nós valorizamos muito a atitude da nossa seleção. É uma seleção que não se entrega nunca. Esse é um dos nossos pilares, mas seria um pouco injusto ignorar as nossas boas jogadas, a técnica do Cavani e do Suárez, a criatividade do time. Dizer apenas que o Uruguai nunca desiste de um jogo dá a impressão que a nossa seleção não sabe jogar futebol. Não é assim, a gente também consegue fazer estragos no setor ofensivo com bom futebol - declarou.

O futuro do Uruguai na Copa do Mundo será definido somente no confronto com a Itália, na próxima terça-feira, dia 26, às 13h, na Arena das Dunas, em Natal.

- A partida contra a Itália vai ser ainda mais difícil. Estamos muitos felizes com a vitória de hoje, mas a alegria dura até hoje ou no máximo amanhã. Depois disso, vamos nos concentrar na Itália. Queremos passar de fase - finalizou.