icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/12/2013
19:24

Sem surpresas, Anderson Silva lidera as suspensões médicas da Comissão Atlética de Nevada após o UFC 168. De acordo com o site americano "MMA Junkie", a organização divulgou a lista com o tempo que os atletas devem ficar afastados do octógono e Spider pode ficar até seis meses sem poder lutar.

De acordo com uma nota oficial divulgada pelo Ultimate após a cirurgia do brasileiro, o tempo de recuperação seria de três a seis meses. A Comissão de Nevada estipulou que Spider não poderá atuar até 27 de junho de 2014, ou até apresentar exames que comprovem a recuperação de sua fratura na tíbia e fíbula da perna esquerda.

Com lesões menos graves que a de Anderson Silva, outros lutadores também podem pegar até seis meses de suspensão médica, como Josh Barnett, Dustin Poirier, Manny Gamburyan e William Patolino. O vice-campeão do TUF Brasil 2 está com uma suspeita de lesão na mão direita e deve realizar um exame de raio-x para melhor avaliação.

Confira abaixo a lista com as suspensões médicas do UFC 168:
Anderson Silva: Precisa da liberação de um ortopedista pela lesão na perna esquerda; suspensão prévia por seis meses
Josh Barnett: Precisa da liberação de um maxilo-facial devido fratura no maxilar; suspensão prévia de seis meses; suspensão mínima de três meses
Dustin Poirier: Precisa da liberação de um ortopedista por lesão no ombro; suspensão prévia de seis meses; suspensão mínima de 30 dias; sem contato físico por 15 dias
Manny Gamburyan: Precisa da liberação de um ortopedista por possível lesão no joelho esquerdo; suspensão prévia de seis meses, suspensão mínima de 45 dias; sem contato físico por 30 dias
William Patolino: Precisa de exame raio-x na mão direita. Caso tenha lesão, precisa da liberação de um ortopedista; suspensão prévia de seis meses
Diego Brandão: Suspenso por 45 dias; sem contato físico por 30 dias
Chris Leben: Suspenso por 45 dias; sem contato físico por 30 dias
Gleison Tibau: Suspenso por 45 dias; sem contato físico por 30 dias
Dennis Siver: Suspenso por 45 dias; sem contato físico por 30 dias
Bobby Voelker: Suspenso por 45 dias; sem contato físico por 30 dias
Estevan Payan: Suspenso por 45 dias; sem contato físico por 30 dias

* As suspensões prévias são válidas até os atletas apresentarem os exames necessários para que retornem antes do previsto