icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
19/04/2014
12:49

A suspensão de três jogos na Copa Libertadores fez Edilson refletir. Não chega a ser um novo jogador nesse retorno ao time, pois diz que vai continuar "chegando firme" nos adversários. Mas vai evitar reclamar tanto com a arbitragem. A começar por este domingo, quando o Botafogo enfrenta o São Paulo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Edilson volta após ter ficado suspenso na Libertadores por três partidas. No jogo contra o Indendiente del Valle, no Equador, ele foi expulso por reclamar com a arbitragem.

- Acho que vou ter mais tranquilidade em certas jogadas. O Edilson vai ser o mesmo em campo, vou chegar firme como sempre cheguei, só vou ter mais tranquilidade nas reclamações para que não possa ser expulso - disse Edilson, que ainda contou o quanto doeu a queda precoce na Libertadores:

- Acredito que o grupo aprendeu com as derrotas, doeu muito essa eliminação na Libertadores.

Mas se há algo positivo em ter ficado tanto tempo sem atuar, Edilson diz que aproveitou para aprimorar a parte física e acredita estar com um pouco mais de gás do que os demais atletas do Botafogo.

- Fiquei três jogos sem atuar, a vontade de estar em campo foi grande nesse tempo todo. Mas também aproveitei esse tempo para aprimorar a parte física. A gente entra em um campeonato muito longo, que exige muito. Acredito que hoje talvez eu tenha um gás a mais do que os demais companheiros por esse tempo a mais. Estou feliz pela volta. Vamos pensar no Brasileiro, focar no jogo de domingo - ressaltou o lateral alvinegro.