icons.title signature.placeholder Thiago Salata
13/07/2014
20:24

Os já famosos gritos de "decime que se siente" dos argentinos e os de "mil gols, só Pelé" dos brasileiros deram lugar ao "Super Deustschland!" (Super Alemanha!) dos novos tetracampeões do mundo no fim da festa no Maracanã. Mesmo depois de todos os jogadores alemães entrarem para o vestiário, uma das curvas do estádio seguiu cheia muito tempo depois do fim da partida.

Em meio a alguns brasileiros, minoria, os alemães passaram horas vibrando com seus gritos tradicionais e tirando as mais diversas fotos do estádio que já é histórico para o futebol alemão. Gritos específicos para jogadores, como ao goleiro Neuer, também foram entoados.

Alguns deles já tinham exagerado no álcool. Nem mesmo o fato de o resto do estádio e do campo já estarem vazios fizeram os fanáticos e empolgados torcedores irem embora cedo. O fechamento dos bares, porém, começou a espantar uma parte deles, que pretendia seguir a festa em outras regiões do Rio de Janeiro. Certamente foram, mais tarde, seguidos pelos demais.

Os alemães exibiram bandeiras das mais diversas regiões de seu país. Alguns poucos argentinos observavam os festejos dos adversários. A grande maioria da torcida Argentina ficou na curva aposta, do lado em que Götze fez o gol do título. Os brasileiros interagiram em festa com os campeões: alguns já tinham feito até "namoradas" na arquibancada.