icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2013
21:33

A súmula da partida contra o Paysandu, que ocorreu na terça-feira, pode complicar o Palmeiras. O zagueiro Henrique, expulso no fim do jogo, e a torcida do clube, que teria atirado objetos em direção aos profissionais da arbitragem, foram citados no documento.

Segundo o relato de Anderson Daronco, Henrique foi expulso por "bater as mãos no solo" e dizer "tá maluco? tá de palhaçada (sic). Parabéns, conseguiu o que tu queria". Ele deve ser denunciado com base no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem" e prevê pena de um a seis jogos de gancho, além de multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

Sobre a torcida, o árbitro escreveu: "Após o término da partida, a torcida do Palmeiras arremessou laranjas em direção à equipe de arbitragem, bem como um cano de PVC de aproximadamente 40cm que não nos atingiu em virtude da proteção realizada pelo policiamento presente no estádio. Informo que tal cano de PVC segue anexo à súmula da partida".

Recentemente, o Corinthians foi punido com a perda de um mando de campo por causa de uma garrafa atirada no auxiliar do jogo contra a Portuguesa, mandante naquela ocasião, em Campo Grande. Nesta Série B, o Palmeiras já mandou seis jogos longe de São Paulo por causa de punições do STJD, sempre por briga de torcidas. Se for punido desta vez, porém, terá de cumprir na próxima temporada.